Blog da NatusVita

Raspberry e o seus benefícios para a saúde?

O que é Raspberry?

RaspBerry - O que é?

Raspberry ou Framboesa

A Raspberry é uma frutinha originária da Ásia e muito consumida no Ocidente.  A Raspberry faz parte do seleto grupo dos alimentos funcionais por conter nutrientes essenciais e fitoquímicos benéficos. Além disso, a Raspberry possui poucas calorias e é rica em água, fibras e Vitamina C.

Conheça a composição do Raspberry

A diversidade de fitonutrientes antioxidantes e antiinflamatórios na Raspberry é realmente notável, e poucas frutas comumente consumidas podem nos fornecer uma maior diversidade.

Ao ajudar a eliminar as moléculas de radicais livres e ao ajudar a regular a atividade de enzimas que podem desencadear inflamações indesejadas, os fitonutrientes do Raspberry podem ajudar a diminuir o risco de doenças crônicas associadas ao estresse oxidativo crônico e à inflamação crônica.

O ácido elágico encontrado na Raspberry merece especial menção como composto anti-inflamatório. Este fitonutriente demonstrou ajudar a prevenir a hiperatividade de certas enzimas pró-inflamatórias (incluindo ciclo-oxigenase 2 ou COX-2), bem como a sua sobreprodução. Em estudos com animais, a ingestão de ácido elágico mostrou reduzir muitos aspectos da inflamação indesejada e excessiva, incluindo aspectos associados à doença de Crohn.

Além disso, a Raspberry é composta por: Vitamina C, Manganês, fibras, Cobre, Vitamina K, Vitamina B5, Biotina, Vitamina E, Magnésio, Vitamina B9 e Potássio.

Por que a ciência relacionou a Raspberry com a redução do risco de obesidade?

RASP 5

Células de gordura

Novas pesquisas envolvem o potencial da Raspberry para melhorar o manejo da obesidade. Embora estas pesquisas estejam em seus estágios iniciais, os cientistas agora sabem que o metabolismo em nossas células de gordura pode ser aumentado por fitonutrientes encontrados nas Raspberries, especialmente a retrosina (também chamada cetona de framboesa). Ao aumentar a atividade enzimática, o consumo de oxigênio e a produção de calor em certos tipos de células de gordura, os fitonutrientes da Raspberry (retrosina), podem reduzir o risco de obesidade e o risco de fígado gorduroso. Além desses benefícios, a retrosina pode diminuir a atividade de uma enzima digestora de gordura liberada pelo nosso pâncreas chamado lipase pancreática. Esta diminuição na atividade enzimática pode resultar em menos digestão e absorção de gordura.

Os fitonutrientes nas Raspberries também podem mudar os sinais que são enviados para as células malignas potenciais ou existentes. No caso de células malignas existentes, os fitonutrientes (elagitaninos) da Raspberry podem diminuir o número dessas células ao enviar sinais que estimulam a morte programada das células malignas (apoptose).

No Brasil, o consumo da Raspberry em forma de fruta não é muito comum, devido ao seu difícil acesso de compra e alto preço, por isso, muitas pessoas optam por consumi-las em forma de suplementos. O suplemento a base de Raspberry é basicamente o seu extrato seco adicionado de outras vitaminas e minerais, como o Raspberry da NatusVita.

RASP 1

Clique na imagem para adquirir o Raspberry da NatusVita

É importante salientar que a prescrição de suplementos nutricionais devem ser realizadas por profissionais nutricionistas juntamente com uma dieta equilibrada.

Responder