Blog da NatusVita

Conheça a Pomegranate e seus efeitos antioxidantes

pome 3

Romã ou Pomegranate

Embora não muito popular, a Romã ou Pomegranate é uma fruta que carrega consigo muitos nutrientes exclusivos, aos quais são atribuídos inúmeros efeitos biológicos. As maiores classes de nutrientes incluem taninos e flavonóides que indicam o potencial farmacológico da fruta, devido às sua interessante atividade antioxidante e conservante. Segue com a gente e conheça mais sobre a Pomegranate.

Conhecendo a Pomegranate

pome 6

Flores e frutos de Pomegranate

A Pomegranate é uma fruta da espécie da família Punicaceae originária da região do Oriente Médio, mas é cultivada mundialmente. A Pomegranate apresenta em sua composição compostos fenólicos como: antocianinas, quercetina, taninos e ácidos fenólicos como ácido elágico.  Devido a sua rica composição em compostos fenólicos, muitos estudos demonstram propriedades antimicrobianas, anti-inflamatórias, antiproliferativa e antioxidantes da Pomegranate. Por isso, por milhares de anos a Pomegranate tem sido usada como remédio e recentemente ela foi adicionada ao grupo dos “superalimentos”, que podem prevenir certas doenças.

Propriedades da Pomegranate

pome 7

Pomegranate é rica em antioxidantes

Os compostos fenólicos que estão presentes na Pomegranate, podem exercer muitos benefícios sobre a saúde. Eles têm ação antioxidante, o que significa que ajudam a proteger as células de danos e pode diminuir a inflamação no corpo.

O potencial antioxidante da Pomegranate é maior do que o do vinho tinto e do chá verde, que é induzido através de ácido elágico e taninos. A Pomegranate pode reduzir o estresse oxidativo dos macrófagos, os radicais livres e a peroxidação lipídica. Além disso, inibe alguns marcadores inflamatórios e a sua produção são bloqueados através de elagitaninos.

Ácido Elágico

Nos últimos anos, a maioria das vantagens para a saúde exercidas pela Pomegranate tem sido atribuídas à presença de punicalaginas e ácido elágico. As punicalaginas são exclusivas da Pomegranate e são hidrolisados ​​em ácido elágico no intestino e posteriormente metabolizados pela microflora do cólon. Além de demonstrar ter atividade antimicrobiana, o ácido elágico por ser um potente antioxidante, protege a pele contra o estresse oxidativo e contra danos causados pelos raios UV.

pome 8

Efeito Fotoprotetor

Radiações solares são as principais causas de muitos efeitos biológicos, tais como fotoenvelhecimento, manchas e doenças de pele. Estas radiações resultam em danos ao DNA, oxidação de proteínas e indução de metaloproteinases de matriz. Em um estudo, os efeitos da Pomegranate foram examinados contra danos mediados por UVB. O ácido elágico presente na Pomegranate causou uma diminuição na expressão de c-Fos induzida por UVB e fosforilação de c-Jun. Isso quer dizer que o ácido elágico pode exercer efeito protetor na pele e, inclusive contra processos inflamatórios.

Em outro estudo realizado com camundongos, o consumo de Pomegranate proporcionou proteção à pele desses animais contra os efeitos adversos da radiação ultravioleta-B (UVB) através da modulação de vias de sinalização induzidas por UVB.

A medida que o ácido elágico age contra os danos induzidos por UVA e UVB em células de fibroblastos, ele também exerce proteção contra o aparecimento de manchas e ainda colabora no clareamento da pele, por atua diretamente no reparo do DNA.

Suplementação de Pomegranate

pome 1

Pomegranate da NatusVita

Além da fruta, a Pomegranate pode ser consumida em forma de sucos (frescos ou engarrafados), chás, pós, geleias, molhos ou como suplemento alimentar.

Frente à presença de compostos fenólicos na fruta e à importância que este fato apresenta para a aplicação na saúde, a NatusVita desenvolveu um suplemento natural à base de Pomegranate (Punica Granatum) que é naturalmente rica em ácido elágico. O Pomegranate da NatusVita, ainda é enriquecido com vitaminas e minerais, para potencializar seu efeito sobre o bom funcionamento do organismo.

A Pomegranate pode induzir efeitos benéficos à saúde através da influência de seus vários constituintes e metabólitos biodisponíveis na sua composição, principalmente pelo seu potencial antioxidante e anti-inflamatório.

Referências bibliográficas

JARDINI, Fernanda Archilla; MANCINI FILHO, Jorge. Avaliação da atividade antioxidante em diferentes extratos da polpa e sementes da romã (Punica granatum, L.). Rev. Bras. Cienc. Farm.,  São Paulo,  vol. 43, n. 1, pp. 137-147. Março de 2007.

MOREIRA, Giovanna M.B. et al . Atividade antibacteriana do extrato hidroalcoólico de Punica granatum Linn. sobre Staphylococcus spp. isolados de leite bovino. Pesq. Vet. Bras.,  Rio de Janeiro,  vol. 34, n. 7, pp. 626-632. Julho de 2014.

KUHN, Andrielle Wouters et al . Chromatographic analysis and antiproliferative potential of aqueous extracts of Punica granatum fruit peels using the Allium cepa test. Braz. J. Pharm. Sci.,  São Paulo,  vol. 51, n. 1, pp. 241-248. Março de 2015.

ZARFESHANY, A.; ASGARY, S.; JAVANMARD, S. H. Potent health effects of pomegranate. Adv Biomed Res, vol. 3, n. 100. 2014.

5 comentários em

Conheça a Pomegranate e seus efeitos antioxidantes

  1. mauro
    3 de julho de 2017 às 13:05 (8 meses ago)

    como faço para comprar o pomegranate

  2. Jussara Maciel
    13 de Fevereiro de 2018 às 1:22 (7 dias ago)

    Ola …pelo que pude observar a Pomegranate é suplemento alimentar???!!! Neste caso a receita medica é desnecessaria ???!!!
    Aguardo retorno …

  3. NatusVita
    14 de Fevereiro de 2018 às 10:50 (5 dias ago)

    Olá Jussara!
    O Pomegranate da NatusVita é um suplemento alimentar, por isso, não há exigência de receita médica.
    Entretanto, é indicado que a suplementação seja sempre mediada por profissional nutricionista.

1 Pingbacks & Trackbacks de

Conheça a Pomegranate e seus efeitos antioxidantes

  1. Licopeno e seus efeitos no organismo | Blog da NatusVita
    9 de Fevereiro de 2018 às 10:17 (1 semana ago)

    […] de algumas frutas e vegetais. Esse pigmento tem um efeito protetor direto contra os radicais livres, sendo considerado um potente oxidante. Entre os carotenoides, o licopeno é um dos mais abundantes […]

Responder